Ela está de volta: Bianca Andreescu regressa para jogar final em Toronto

Fotografia: Rogers Cup

Os problemas no ombro são definitivamente parte do passado. De regresso ao circuito, Bianca Andreescu está a jogar como se nunca tivesse estado ausente, e este sábado garantiu o apuramento para a final da Rogers Cup, ao derrotar Sofia Kenin em dois sets.

A primeira partida pautou pelo equilíbrio entre as duas atletas. Ainda assim, foi Andreescu quem esteve sempre mais perto de consumar o break. Ao fim de tantas tentativas, a canadiana acabou mesmo por conseguir a quebra de serviço, e logo na altura ideal, uma vez que o break point coincidiu também com set point.

O segundo parcial foi bastante diferente. Kenin entrou melhor e conseguiu o primeiro break do set, mas acabou por desperdiçar essa mesma vantagem logo de seguida. Com quatro jogos ganhos de forma consecutiva, Andreescu colocou-se a vencer por 5-2 e a um passo da grande decisão. Porém, a norte-americana tinha ainda algum gás no tanque e foi capaz de recuperar a desvantagem e de anular três match points para forçar um tie-break.

No desempate, no entanto, Kenin não conseguiu continuar a recuperação ao ponto de forçar uma terceira partida, ainda que tenha salvo um quarto match point. Assim, ao cabo de duas horas e seis minutos, a número 27 do Mundo selou mesmo o triunfo com parciais de 6-4 e 7-6(5).

Em busca de mais um título em torneios da categoria WTA Premier, Bianca Andreescu ainda não sabe quem terá pela frente na final deste domingo. A outra finalista vai sair do confronto entre Marie Bouzkova e Serena Williams.

Avatar
Adepto do desporto em geral mas com especial carinho pela "bolinha saltitona". O bichinho surgiu ainda Rafael Nadal não tinha mangas e não mais saiu. Chegada a oportunidade de me juntar ao Raquetc, juntamente com a minha ambição de ser jornalista, foi fácil aceitar juntar-me à equipa.