Montreal. Nadal bate Pella e agenda encontro com Fognini nos quartos de final

Fotografia: ATP Tour

O espanhol Rafael Nadal está nos quartos de final da Coupe Rogers, em Montreal. A defender o estatuto de primeiro cabeça de série, o maiorquino confirmou o favoritismo e bateu Guido Pella (24.º ATP) com parciais de 6-3 e 6-4.

O confronto direto entre ambos dava conforto a Nadal, que nunca tinha perdido nenhum set para o argentino nas três ocasiões em que ambos se defrontaram anteriormente. Determinado a continuar na senda vitoriosa perante o adversário, o “Touro” de Palma de Maiorca conseguiu o break logo no segundo jogo do primeiro parcial. Essa vantagem foi, de resto, suficiente para que o primeiro set fosse ganho pelo número dois mundial.

Na segunda partida, Nadal voltou a arrancar mais forte e chegou cedo à quebra de serviço. Desta vez, no entanto, Pella ainda foi capaz de devolver a quebra de serviço, antes de Nadal voltar ao ataque para puxar novamente a vantagem para o seu lado. Ao cabo de uma hora e 42 minutos, o espanhol selou o triunfo.

Nos quartos de final do torneio canadiano, Rafael Nadal já sabe que vai medir forças com o italiano Fabio Fognini (11.º ATP), que bateu Adrian Mannarino (69.º ATP) por 6-2 e 7-5.

Thiem, Medvedev, Zverev e Khachanov também seguem em prova

Esta quinta-feira foi de felicidade para Dominic Thiem, Daniil Medvedev, Alexander Zverev e Karen Khachanov. Os quatro carimbaram o passaporte para os quartos de final, ao levarem de vencida os respetivos oponentes.

O primeiro a cumprir com a tarefa foi Thiem, que bateu Marin Cilic por 7-6(7) e 6-4, num encontro muito equilibrado. Mais tranquilo esteve Medvedev, que foi a jogo logo a seguir e derrotou o chileno Christian Garin por 6-3 e 6-3.

Alexander Zverev e Karen Khachanov, por outro lado, tiveram duras batalhas pela frente. O germânico precisou de três renhidos sets para derrotar o campeão de Hamburgo, Nikoloz Basilashvili. O número sete mundial saiu vencedor ao fim de duas horas e 48 minutos, com parciais de 7-5, 5-7 e 7-6(5).

Quanto a Khachanov, colocou um ponto final na campanha do tenista da casa, Félix Auger-Aliassime. Num encontro que quase atingiu as três horas de duração, o jovem russo, que ocupa o oitavo lugar da hierarquia, teve a capacidade para dar a volta a um arranque em falso e venceu por 6-7(7), 7-5 e 6-3.

Avatar
Adepto do desporto em geral mas com especial carinho pela "bolinha saltitona". O bichinho surgiu ainda Rafael Nadal não tinha mangas e não mais saiu. Chegada a oportunidade de me juntar ao Raquetc, juntamente com a minha ambição de ser jornalista, foi fácil aceitar juntar-me à equipa.