Luís Faria cede nos oitavos de final diante do sexto cabeça de série

Depois das excelentes vitórias de Francisco Dias, Fred Gil e Francisco Cabral, Luís Faria foi o último jogador nacional a entrar em campo esta quinta-feira no Clube de Ténis de Idanha-a-Nova mas não conseguiu contrariar o favoritismo do sexto pré-designado e acabou assim eliminado na segunda ronda.

Vindo de uma boa vitória na estreia, o jovem vimaranense de 19 anos de idade, 640.º da tabela ITF, voltou a ter pela frente um adversário britânico, desta feita Aidan McHugh (85.º ITF). E, ainda que Faria tenha começado o embate logo com um break de vantagem e discutido o encontro taco a taco, o mais cotado dos dois foi quem foi mais forte nos designados pontos-chave do duelo, arrecadando um total de três quebras de serviço rumo à vitória por 6-4 e 6-3.

Gorada a passagem aos seus segundos quartos de final nas últimas três semanas (atingiu recentemente o top-8 do Setúbal Open), Luís Faria sai de Idanha-a-Nova, apesar de tudo, com duas presenças em oitavos de final e, por isso, oito pontos para o ranking ITF. Segue-se agora uma viagem até Castelo Branco com vista a participação em mais uma prova de 15.000 dólares realizada em território luso.

Avatar
Natural da Ilha do Pico, Açores. Estudante do 3.º ano do curso de Direito da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa. Amante e seguidor de ténis desde a adolescência.