Francisco Dias atinge primeiros quartos de final individuais em cerca de nove anos

Até esta semana as últimas temporadas de Francisco Dias a solo não vinham a correr nada bem, mas eis que o tenista português reencontrou algum do seu melhor ténis: esta quinta-feira, o jogador de 22 anos assegurou o apuramento para os seus primeiros quartos de final em cerca de nove anos(!) ao afastar o quarto pré-designado.

Oriundo do qualifying deste segundo torneio consecutivo de 15.000 dólares realizado em Idanha-a-Nova, Dias, 1035.º do ranking ITF, foi capaz de recuperar de uma desvantagem de um set a zero e de 4-1 na ‘negra’ para se superiorizar diante do norte-americano William Griffith, 667.º ATP e carrasco de Afonso Salgado na ronda inaugural, numa tremenda batalha que só foi resolvida no tiebreak do terceiro set, parciais finais de 4-6, 7-6(5) e 7-6(1), ao fim de três horas e um minuto de maratona.

De volta após um (muito= longo jejum a uma fase tão adiantada de uma prova do circuito profissional na vertente individual, o antigo jogador do circuito universitário norte-americano vai agora à procura das primeiras meias-finais da carreira quando medir forças ou com o qualifier francês Loic Ratsaratany (1032.º ITF) ou com o oitavo favorito, o britânico Jonathan Gray (229.º ITF).

Por sua vez, o outro qualifier luso presente nesta etapa, Gonçalo Falcão (1242.º ITF), foi eliminado na segunda eliminatória em Idanha-a-Nova ao sucumbir por 6-3 e 6-0 para o espanhol David Jorda Sanchis (713.º ITF).

Avatar
Natural da Ilha do Pico, Açores. Estudante do 3.º ano do curso de Direito da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa. Amante e seguidor de ténis desde a adolescência.