Wimbledon: Roberto Bautista Agut atinge primeiras meias-finais em torneios do Grand Slam

Os primeiros quartos de final e, agora, as primeiras meias-finais. 2019 está a revelar-se um ano talismã para Roberto Bautista Agut, que depois da presença no top-8 do último Australian Open garantiu esta quarta-feira a qualificação para as primeiras meias-finais da carreira num torneio do Grand Slam, em Wimbledon.

Naquele que era o único duelo dos quartos de final sem a presença de um jogador do Big 3, Bautista Agut, 23.º pré-designado e número 22 ATP, esteve mais incisivo nos pontos-chave para levar de vencida sobre o argentino Guido Pella, 26.º cabeça de série e responsável pelas eliminações do vice-campeão em título Kevin Anderson e do vice-campeão de 2016 Milos Raonic, com parciais de 7-5, 6-4, 3-6 e 6-3.

Dois estreantes no top-8 no All England Club (no caso de Pella, era mesmo a primeira vez que chegava a esta fase num evento Major), o espanhol e o argentino, grande surpresa desta 133.ª edição de Wimbledon (nunca antes havia passado sequer da terceira eliminatória de um torneio deste gabarito), lutaram por mais de três horas por aquele que seria o triunfo mais importante das respetivas carreiras pela dimensão que a mítica prova britânica possui.

No final, contudo, foi o mais cotado em termos de hierarquia quem prevaleceu: depois de dois primeiros sets em que obteve três breaks e de um terceiro parcial em que o oponente se superiorizou, Agut voltou à carga na quarta partida e acabou então por carimbar desse modo o passaporte para o jogo de acesso à grande final do torneio mais antigo e mais histórico do mundo do ténis.

Agora, como se costuma dizer, “o céu é o limite” para o jogador natural de Castelló de la Plana, que tem aos 31 anos de idade a hipótese de disputar o derradeiro encontro de um Grand Slam caso derrote na próxima sexta-feira o número um mundial e campeão em título Novak Djokovic, que esteve intratável na jornada desta quarta-feira.

Avatar
Natural da Ilha do Pico, Açores. Estudante do 3.º ano do curso de Direito da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa. Amante e seguidor de ténis desde a adolescência.