Francisco Cabral e Francisco Dias também seguem em frente em Idanha-a-Nova

Depois de Luís Faria, Fred Gil e Gonçalo Falcão, também Francisco Cabral e Francisco Dias somaram por vitórias as suas estreias no quadro principal de singulares do II ITF de 15.000 dólares de Idanha-a-Nova.

Num encontro entre dois wild cards lusitanos, Cabral, de 22 anos de idade e 870.º ITF, conseguiu ultrapassar o mais jovem compatriota Fábio Coelho, de 19 anos e atual número 1086 ITF, por intermédio dos equilibrados parciais de 6-3, 3-6 e 6-4 ao cabo de duas horas e dois minutos.

Na próxima eliminatória, o tenista portuense, que já não vencia um jogo alusivo a um quadro principal de singulares de uma prova do circuito profissional desde outubro passado (quando, curiosamente, também bateu Coelho), terá pela frente o carrasco de Tiago Cação, o chileno Michel Vernier (512.º ITF).

Já Dias, proveniente da fase de qualificação e 1035.º do ranking ITF, só precisou de duas partidas para somar o seu primeiro triunfo em quadros principais desde março: parciais de 6-3 e 6-4 sobre o eslovaco Andrej Glvac (1483.º ITF).

O próximo adversário do antigo tenista do circuito aniversário norte-americano será o quarto pré-designado, o norte-americano William Griffith (667.º ATP), que bateu o convidado português Afonso Salgado (1139.º ITF) por 6-2 e 6-2.

Avatar
Natural da Ilha do Pico, Açores. Estudante do 3.º ano do curso de Direito da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa. Amante e seguidor de ténis desde a adolescência.