Portugueses ajudam Equipa Europa a recuperar na EuroAmerica Padel Cup

Ricardo Martins, Miguel Oliveira e Vasco Pascoal contribuíram para as duas recuperações a que a seleção da Europa se viu forçada, partindo para a última jornada de sábado a perder apenas por 7-5 frente à sua congénere da América, na EuroAmerica Padel Cup, que a Federação Portuguesa de Padel organiza no Clube de Ténis do Estoril, no concelho de Cascais.

«Há dois anos nunca acreditaria nesta convocatória para uma seleção da Europa, mas foi fruto de ter apostado, de ter ido para Espanha melhorar o meu jogo», disse Ricardo Martins, que só no ano passado começou a competir ao mais alto nível no WPT e que nesta EuroAmerica Padel Cup já somou 2 pontos em dois encontros. Emparceirou no primeiro dia com o austríaco Kristopher Sotiriu e na segunda jornada com o espanhol Jaime Bergareche.

Os campeões nacionais, Miguel Oliveira e Vasco Pascoal, bastante mais rodados, jogaram sempre com os mesmos parceiros por decisão do capitão da Europa, o espanhol Willy Lahoz, que até já jogou este ano com o próprio Miguel Oliveira.

Vasco Pascoal tem atuado junto do espanhol Jaccobo Blanco, com quem tem «aprendido muito» e protagonizou os dois melhores encontros do torneio até ao momento. Na quinta-feira Pascoal e Blanco derrotaram o argentino Federico Chiostri e o n.º1 do ranking do Brasil, Stefano Flores, por 6-4, 1-6 e 7-5. Na sexta-feira só perderam com o mesmo Stefano Flores, desta feita associado ao argentino Pablo Egea por 7-6 (7/2), 6-7 (5/7) e 6-3. Dois encontros que superaram as duas horas.

«Foram dois encontros com duas duplas muito duras e qualquer um deles poderia ter caído para qualquer lado. Hoje a 3-4 no terceiro set o Flores chamou o fisioterapeuta, não é ilegal, está dentro das regas, mas deitou-nos um bocadinho abaixo e foi logo a seguir que sofremos o break decisivo», comentou Vasco Pascoal.

Quanto a Miguel Oliveira, o melhor português no World Padel Tour, tem emparceirado com uma das grandes figuras histórias do padel, o agora suíço (nascido na Argentina) Roby Gatikker, de 51 anos. Tal como Vasco Pascoal, também Miguel Oliveira somou 1 ponto para a Europa em dois encontros disputados.

«É muito bom poder jogar ao lado de alguém com o Roby, com tanta experiência e com 7-5 para a América a Europa ainda não tem nada perdido. Sei que as pessoas gostam de ver o padel em live streaming e isso é bom, mas venham também ao Clube de Ténis do Estoril apoiar-nos no último dia porque está a mostrar-se muito bom padel por aqui e a Europa precisa do apoio de todos», desafiou Miguel Oliveira.

Para a jornada de Sábado, a última desta EuroAmerica Padel Cup, a organização decidiu alterar os horários. A exibição de padel adaptado passa para as 10h30 e o primeiro dos seis últimos confrontos irá começar logo às 11h00, o que significa que a cerimónia de entrega de prémios poderá acontecer por volta das 20h00.

Depois de ter havido um empate de 3-3 no primeiro dia e da América ter ganho o segundo dia por 4-2 (para o tal agregado de 7-5), é impossível dizer que há um grande favorito à vitória na primeira edição da EuroAmerica Padel Cup. O próprio selecionador da América, o argentino Alejandro Lasaigues, que muitos consideram o melhor de sempre, fez questão de sublinhar que «não há campeões antecipados».

Já o capitão da Europa, Willy Lahoz, frequentemente apontado como o melhor espanhol de todos os tempos, salientou que «sabia-se que a América tem uma grande equipa e seria difícil, mas hoje houve dois encontros bastante equilibrados que caíram para o outro lado, o desporto é mesmo assim, e também tivemos algumas lesões que nos prejudicaram. Vamos à luta amanhã».

O importante para a Europa será evitar as vantagens dilatadas que a America tem conseguido sistematicamente. Lasaigues tem apostado em equipas muito fortes desde o início, apoiado em grandes estrelas como os brasileiros Júlio Julianotti e Stefano Flores, bem como o argentino Yain Melgratti. O certo é que na quinta-feira a América chegou a liderar por 3-0 antes de permitir o empate e na sexta-feira ganhou os quatro primeiros encontros. No Sábado será forçoso a Europa aguentar o embate inicial.

A primeira edição da EuroAmerica Cup decorre sob os auspícios da European Padel Association e da Continental American Padel Federation, e este ano com o apoio do IPDJ. Doravante passará a disputar-se em cada dois anos, para não coincidir com o World Team Championships (o Campeonato do Mundo por Equipas), alternadamente na Europa e na America (do Norte ou do Sul).

raquetc
O Raquetc ("raquetecetera") entrou no forno no início do ano para a 8 de maio de 2017 substituir o Ténis Portugal. Porque ao ténis juntaram-se o padel, o squash e o ténis de mesa e assim nasceu um website especializado em desportos de raquetes.