Nuno Borges impõe-se perante Fred Gil e conquista quinto título individual da carreira

Nuno Borges voltou a ser feliz onde tudo começou: em Setúbal. O jovem maiato de 22 anos, que conquistou o primeiro título de singulares da carreira em 2017 no Setúbal Open, foi novamente bem sucedido numa decisão da prova de 15.000 dólares este domingo rumo ao seu quinto troféu individual.

A disputar somente o seu segundo evento da temporada no circuito profissional (tem-se focado maioritariamente no circuito universitário norte-americano, onde foi vice-campeão este ano), Borges, número 648 ATP e terceiro favorito, teve pela frente Fred Gil pela segunda vez na carreira e conseguiu mais uma vez sair vitorioso.

Se nos quartos de final do já extinto Open de São Domingos de 2017 Nuno Borges derrotou Gil facilmente (6-0 e 6-2), desta feita o ex-número um português e quarto pré-designado em Setúbal dificultou mais a tarefa mas não o suficiente para evitar mais uma vitória em sets diretos do seu mais jovem compatriota por parciais de 6-3 e 6-4 ao cabo de uma hora e 12 minutos.

Assim, o atleta nortenho arrecada então o primeiro título em 2019 e o oitavo em solo português dos nove que já conquistou no cômputo geral (só o título individual no final do ano passado, em Pensacola — Florida, EUA –, não foi em território lusitano), tornando-se igualmente duas vezes campeão em Setúbal.

Avatar
Natural da Ilha do Pico, Açores. Estudante do 3.º ano do curso de Direito da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa. Amante e seguidor de ténis desde a adolescência.