Ténis de Mesa. Portugal repete presença nas meias-finais dos Jogos Europeus

Um dia, duas vitórias para a seleção portuguesa de ténis de mesa, que assim se qualificou para as meias-finais dos Jogos Europeus que em 2019 acontecem em Minsk, a capital da Bielorrússia.

Depois da vitória frente à França, na parte da manhã, o selecionado luso superou a equipa da Grã-Bretanha por 3-1.

Tiago Apolónia e João Monteiro foram os primeiros a entrarem em ação e colocaram a equipa das quinas em vantagem ao derrotarem Paul Drinkhall e Liam Pitchford por 3-1, parciais de 11-7, 11-6, 4-11 e 11-8.

Depois, Marcos Freitas fez o 2-0 com uma vitória por 3-1 frente a Sam Walke (8-11, 11-9, 11-8 e 11-8) e Tiago Apolónia ficou com a possibilidade de garantir a vitória na raquete, mas não conseguiu contrariar Liam Pitchford, que venceu por 3-2 (11-8, 6-11, 8-11, 11-3 e 11-7).

A vitória foi, por isso, assinalada por João Monteiro, que superou Sam Walker com os parciais de 5-11, 14-12, 11-9 e 11-9 para colocar a seleção de Portugal nas meias-finais dos Jogos Europeus pela segunda vez em duas edições.

Na sexta-feira, Portugal vai discutir o apuramento para a grande final com a Alemanha, um encontro que está marcado para as 14h de Portugal Continental.

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais. Por isso depois chegaram o padel e o squash. E assim cá estamos, no RAQUETC ("raquetecétera"). Como escreveu Fernando Pessoa nos anos 20, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."