Challenger de Shymkent: Gonçalo Oliveira derrotado nos oitavos de final

Gonçalo Oliveira

Terminou esta quinta-feira em definitivo a participação de Gonçalo Oliveira (260.º) no Challenger de Shymkent, com o número quatro português a ser afastado tanto na variante de singulares como na de pares.

A ostentar o estatuto de 14.º pré-designado, o tenista portuense de 24 anos de idade não foi capaz de contrariar o segundo cabeça de séria do torneio cazaque, o italiano Stefano Travaglia (112.º ATP), e saiu assim de cena em apenas duas partidas, por 6-3 e 6-3, num duelo alusivo aos oitavos de final que se prolongou por uma hora e 12 minutos.

Além do desaire na vertente individual, Oliveira, primeiro cabeça de série da competição de pares em conjunto com o bielorrusso Andrei Vasilevski, também sucumbiu nos quartos de final da prova de duplas (7-5 e 6-3 para o sueco Andre Goransson e o suíço Marc-Andrea Huesler).

Avatar
Natural da Ilha do Pico, Açores. Estudante do 3.º ano do curso de Direito da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa. Amante e seguidor de ténis desde a adolescência.