João Sousa não passa da estreia em ‘s-Hertogenbosch

Fotografia: Fernando Correia/Millennium Estoril Open

O início da temporada de relva não correu pelo melhor a João Sousa. O número um nacional foi esta segunda-feira afastado na primeira ronda do Libéma Open, às mãos do norte-americano Frances Tiafoe, com parciais de 6-2 e 7-6(0).

A defrontarem-se pela terceira vez – a primeira em relva -, João Sousa e Frances Tiafoe entraram em court bem depois da hora inicialmente prevista. A chuva fez-se sentir em ‘s-Hertogenbosch e levou a que os encontros estivessem interrompidos durante algum tempo.

Depois de duas vitórias em terra batida – na final do Millennium Estoril Open em 2018 e na primeira ronda do Masters 1000 de Roma esta temporada -, João Sousa não conseguiu replicar a receita no tapete verde. Apesar da maior percentagem de primeiros serviços colocados em relação ao adversário, Sousa não conseguiu lidar com a resposta de Tiafoe ao segundo serviço, sobretudo no primeiro parcial. Por outro lado, o tenista de Guimarães não conseguiu causar estragos a um norte-americano eficaz com a primeira bola.

Na segunda partida, o tenista português voltou a sofrer um break logo no jogo inaugural, mas teve forças para conseguir devolver a quebra de serviço na reta final do parcial, naquele que foi o único break point a favor do tenista orientado por Frederico Marques. Chegado ao tiebreak, Tiafoe foi exemplar e conseguiu os sete pontos de forma consecutiva para vencer o encontro ao fim de uma hora e 15 minutos.

Arredado da competição individual, João Sousa segue em jogo na vertente de pares. Ao lado de Andreas Seppi, o vimaranense vai discutir o acesso à segunda ronda frente à dupla composta por Marcus Daniell e Wesley Koolhof.

Avatar
Adepto do desporto em geral mas com especial carinho pela "bolinha saltitona". O bichinho surgiu ainda Rafael Nadal não tinha mangas e não mais saiu. Chegada a oportunidade de me juntar ao Raquetc, juntamente com a minha ambição de ser jornalista, foi fácil aceitar juntar-me à equipa.