As rainhas dos pares: Mladenovic e Babos conquistam Roland Garros

Fotografia: WTA

A subida a número um do Mundo em pares já estava garantida, mas Kristina Mladenovic fez questão de juntar a conquista de Roland Garros a esse marco tão importante da carreira. A fazer dupla com Timea Babos, as duas levaram a melhor sobre as chinesas Saisai ZhengYing-Ying Duan, com parciais de 6-2 e 6-3.

O encontro esteve praticamente sempre sob o controlo da dupla franco-húngara, sobretudo no primeiro set. Apesar de terem enfrentado três break points numa fase ainda muito precoce do encontro, Mladenovic e Babos souberam lidar com a adversidade e, quando a porta se abriu, não desperdiçaram a chance para quebrar o serviço das adversárias.

Na segunda partida, as campeãs do Australian Open de 2018 entraram mais fortes e adiantaram-se rapidamente com um break de avanço. Porém, as chinesas tinham ainda algum gás no tanque e conseguiram o contra break, ao qual Mladenovic e Babos responderam com mais uma quebra de serviço e que desta vez marcou a diferença.

Três anos depois da primeira conquista, na altura ao lado de Caroline García, Kristina Mladenovic ergue o título de pares de Roland Garros pela segunda vez na carreira, pelo que torna ainda mais saborosa a já confirmada subida desta segunda-feira à liderança do ranking dessa vertente. A húngara Timea Babos, que já foi número um anteriormente, vai subir à segunda posição e junta ao palmarés a conquista de Roland Garros pela primeira ocasião.

Adepto do desporto em geral mas com especial carinho pela "bolinha saltitona". O bichinho surgiu ainda Rafael Nadal não tinha mangas e não mais saiu. Chegada a oportunidade de me juntar ao Raquetc, juntamente com a minha ambição de ser jornalista, foi fácil aceitar juntar-me à equipa.