Karen Khachanov garante primeiros quartos de final de um Grand Slam em Paris

O russo Karen Khachanov está a ter um Roland Garros para não mais esquecer. Na terra batida de Paris, o número 11 mundial tem encontrado o seu melhor ténis e com ele os melhores resultados. Esta segunda-feira, Khachanov bateu o argentino Juan Martín Del Potro (9.º ATP), com parciais de 7-5, 6-3, 3-6 e 6-3, e garantiu o apuramento para os quartos de final do Grand Slam francês.

Com três triunfos convincentes até esta fase, o jovem de 23 anos — campeão do Masters 1000 de Paris no final da última época… — não perdeu a solidez das rondas anteriores e impôs-se perante a “Torre de Tandil”, num encontro onde o russo pareceu sempre mais confortável a partir do momento em que conquistou a primeira partida.

Nesse primeiro set, Del Potro teve muitas oportunidades para passar para a frente do marcador. Contudo, Khachanov encontrou sempre uma solução para sair das situações mais complicadas e aproveitou quando a porta se abriu para conquistar o primeiro parcial.

A resposta do argentino surgiu apenas no terceiro set, com Del Potro a revelar maior eficácia na conversão dos break points. Porém, a recuperação foi sol de pouca dura, uma vez que Khachanov voltou a entrar mais forte no quarto parcial e rapidamente fugiu com o encontro para o seu lado.

O tenista russo completa o alinhamento dos quartos de final do torneio francês, naquela que é a sua primeira presença nesta fase de um Grand Slam. Na luta por um lugar nas meias-finais, Karen Khachanov vai defrontar o austríaco Dominic Thiem, quarto cabeça de série, que bateu Gael Monfils por 6-4, 6-4 e 6-2.

Alinhamento dos quartos de final:

[1] Novak Djokovic vs. [5] Alexander Zverev
[4] Dominic Thiem vs. [10] Karen Khachanov
[24] Stan Wawrinka vs. [3] Roger Federer
[7] Kei Nishikori vs. [2] Rafael Nadal

Avatar
Adepto do desporto em geral mas com especial carinho pela "bolinha saltitona". O bichinho surgiu ainda Rafael Nadal não tinha mangas e não mais saiu. Chegada a oportunidade de me juntar ao Raquetc, juntamente com a minha ambição de ser jornalista, foi fácil aceitar juntar-me à equipa.