Laver Cup vai integrar o calendário anual do circuito ATP

Num comunicado emitido esta sexta-feira, a Associação dos Tenistas Profissionais (ATP) anunciou ter chegado a acordo para fazer da Laver Cup parte do calendário anual do circuito masculino.

O evento, criado em 2017 pela TEAM8 depois do desafio lançado por Roger Federer, passará a ter “acesso aos serviços da ATP, o que inclui o marketing e as redes sociais e o pessoal operacional, como árbitros e fisioterapeutas.”

O tenista suíço de 37 anos reconheceu que “à medida que me aproximo do final da minha carreira de jogador, é fantástico saber que a Laver Cup vai fazer parte do circuito a que dediquei mais de 20 anos da minha vida. Esta parceria é um magnífico exemplo de como a família do ténis se pode unir para promover e fazer crescer o desporto que todos amamos.”

Também Novak Djokovic — que em 2018 jogou o torneio pela primeira vez — deixou o seu apoio à nova parceria. “A Laver Cup é uma verdadeira celebração do ténis que é adorada pelos fãs e bem recebida pelos jogadores. Tive a oportunidade de a experienciar como jogador e enquanto Presidente do Conselho dos Jogadores estou orgulhoso por apoiar esta colaboração.”

Em 2019, a terceira edição da Laver Cup realiza-se em Genebra, Suíça, entre os dias 20 e 22 de setembro.

A parceria estabelecida entre a ATP e a Laver Cup poderá significar más notícias para a Federação Internacional de Ténis (ITF), que via a semana em que o torneio de homenagem a Rod Laver se disputa (logo após o US Open) como uma das melhores datas para organizar as novas Davis Cup Finals a partir de 2020.

Recorde-se que o próximo ano será também o ano de estreia da ATP Cup, a nova competição do circuito masculino, organizada num formato muito semelhante ao da nova Taça Davis mas com pontos em jogo e uma data mais elogiada pelos protagonistas.

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais. Por isso depois chegaram o padel e o squash. E assim cá estamos, no RAQUETC ("raquetecétera"). Como escreveu Fernando Pessoa nos anos 20, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."