Philipp Oswald e Filip Polasek são os campeões de pares do Lisboa Belém Open

Fotografia: Beatriz Ruivo/Lisboa Belém Open

LISBOA — Já são conhecidos os campeões de pares da terceira edição do Lisboa Belém Open. Depois de Ruan Roelofse e Christopher Rungkat em 2017 e de Marcelo Arévalo Mexico e Miguel Ángel Reyes-Varela em 2018, Philipp Oswald e Filip Polasek ergueram os dois troféus mais desejados de 2019.

A jogarem lado a lado pela terceira vez no circuito Challenger, o austríaco e o eslovaco conquistaram o segundo título do ano ao derrotarem os argentinos Guido Andreozzi e Guillermo Duran, por 7-5 e 6-2.

A vitória, conseguida em 77 minutos, coloca um ponto final na jornada deste sábado, que já tinha dado a conhecer os dois finalistas da variante de singulares: Roberto Carballes Baena e Facundo Bagnis, de Espanha e Argentina, respetivamente.

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais. Por isso depois chegaram o padel e o squash. E assim cá estamos, no RAQUETC ("raquetecétera"). Como escreveu Fernando Pessoa nos anos 20, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."