Possível, mas difícil! Pedro Sousa está a três desistências do quadro principal de Roland Garros

Fotografia: Fernando Correia/Millennium Estoril Open

Com a desistência confirmada de John Isner esta sexta-feira devido a uma lesão no pé esquerdo, o primeiro finalista do Lisboa Belém Open, Roberto Carballes Baena, garantiu um lugar no quadro principal de Roland Garros e aproximou Pedro Sousa do mesmo feito.

O espanhol deixa assim a lista de alternates e permite que o lisboeta avance uma posição na mesma lista. De acordo com a última atualização, o número dois nacional necessita de três desistências, o que ainda pode acontecer. No entanto, e porque o sorteio da fase de qualificação será realizado este domingo, as desistências terão que acontecer ainda este sábado ou nas primeiras horas de domingo.

Caso as desistências aconteçam depois de domingo, as vagas no quadro principal serão ocupadas por lucky losers, jogadores derrotados na última ronda da fase de qualificação.  Quem não se lembra da história de Marco Trungelliti em 2018…

Por outro lado, Gonçalo Oliveira também se aproximou da presença da fase de qualificação do major parisiense. Porém, no caso do portuense, são necessárias ainda 16 desistências de jogadores inscritos na fase de qualificação. O outro português presente em Roland Garros, João Domingues, irá certamente jogar a sempre difícil fase de qualificação.

Três jogadores destacam-se no lote de possíveis desistências:

  • Milos Raonic protagonizou um excelente torneio em Indian Wells, no entanto só aguentou um encontro em Miami. Ainda não jogou em terra batida, pelo que a sua presença em Paris ainda é uma incógnita.
  • Sam Querrey ainda se encontra nos Estados Unidos e iniciou recentemente um novo regime de treinos. O último torneio que disputou foi Houston no início de abril, tendo alcançado a meia-final.
  • Andrey Rublev anunciou que só voltará a jogar na temporada de relva devido a uma lesão no pulso direito, no entanto ainda se mantém na lista de Roland Garros.
  • Thomas Berdych ainda recupera de uma lesão nas costas, que o afastou dos últimos torneios. Não joga desde a derrota na primeira ronda de Indian Wells.
  • Lucas Pouille desistiu do torneio de Roma com um problema no pé. Antes de ser derrotado na segunda ronda de Madrid, venceu o Challenger de Bordéus e tornou-se no primeiro jogador a treinar no renovado Court Philippe Chatrier, pelo que é pouco provável que falhe o Grand Slam disputado em “casa” perante o seu público.
Diogo Leite
Licenciado em Gestão e com o Mestrado em Finanças concluído. É um apaixonado por ténis e padel. Adora conhecer tudo e todos dentro da modalidade, bem como estar a par das recentes notícias.