Da lágrima ao sorriso: um ano depois, Kiki Bertens conquista Madrid

Há um ano atrás saiu como finalista vencida, mas este sábado estava destinada a vencer. A holandesa Kiki Bertens derrotou a romena Simona Halep, com parciais de 6-4 e 6-4, e conquistou o Mutua Madrid Open.

A número sete do Mundo esteve por duas vezes com um break de desvantagem na partida inaugural. No entanto, a tenista de 27 anos correu atrás do prejuízo e venceu quatro jogos consecutivos para conquistar a primeira partida.

Embalada pela vitória no primeiro set, Bertens entrou no segundo parcial a quebrar o serviço de Halep. A romena ainda respondeu, ao devolver o break no quarto jogo, mas voltou a ceder o serviço de imediato. Ao fim de uma hora e 28 minutos, a tenista holandesa confirmou a maior vitória da carreira e a conquista do troféu.

O triunfo de Bertens ganha contornos históricos se tivermos em consideração que esta se tornou na primeira tenista da história a vencer em Madrid sem ceder qualquer set. Na próxima segunda-feira, Kiki Bertens vai subir ao quarto lugar do ranking mundial, tornando-se assim na tenista holandesa com melhor ranking de sempre.

Avatar
Adepto do desporto em geral mas com especial carinho pela "bolinha saltitona". O bichinho surgiu ainda Rafael Nadal não tinha mangas e não mais saiu. Chegada a oportunidade de me juntar ao Raquetc, juntamente com a minha ambição de ser jornalista, foi fácil aceitar juntar-me à equipa.