Tsitsipas continua a brilhar e alcança as segundas meias-finais em torneios Masters 1000

Fotografia: ATP Tour

Depois de Toronto, chegou a vez de Madrid. Pela segunda vez na carreira, o grego Stefanos Tsitsipas vai disputar as meias-finais de um torneio da categoria Masters 1000. A atravessar um grande momento de forma, depois de ter sido campeão no Millennium Estoril Open, o helénico colocou um ponto final na campanha do campeão em título do Mutua Madrid Open, Alexander Zverev, com parciais de 7-5, 3-6 e 6-2.

O primeiro set viu um Tsitsipas a criar dificuldades ao adversário. O grego serviu muito bem – 73% de primeiras bolas colocadas – e foi capaz de criar várias oportunidades (5) para quebrar o serviço de Zverev. Bastou aproveitar uma, ao 11.º jogo, para marcar a diferença.

A derrota na primeira partida obrigou o campeão a reagir e o segundo parcial foi controlado pelo alemão em todos os capítulos estatísticos. Com 90% de primeiros serviços colocados – bem melhor do que os 57% do primeiro set -, Zverev construiu uma muralha que Tsitsipas não conseguiu ultrapassar. Ao oitavo jogo surgiu o único break point do set e o número quatro mundial capitalizou a oportunidade, tendo de seguida fechado o parcial a servir.

A atravessar um bom momento no encontro, era de esperar que Zverev continuasse forte no arranque da terceira partida e o alemão confirmou a boa entrada com a conquista de três break points. No entanto, Tsitsipas salvou todos eles e avançou de seguida para o break que desequilibrou a balança, ao permitir ao grego avançar para o 4-1 e controlar o resto do encontro. Ao fim de duas horas e 12 minutos, a vitória sorriu ao número oito mundial.

Numa série de sete vitórias consecutivas, Stefanos Tsitsipas aguarda agora pelo vencedor do confronto entre Stan Wawrinka (34.º ATP) e Rafael Nadal (2.º ATP), do qual vai sair o seu adversário nas meias-finais do Mutua Madrid Open.

Daniel Sousa
Adepto do desporto em geral mas com especial carinho pela "bolinha saltitona". O bichinho surgiu ainda Rafael Nadal não tinha mangas e não mais saiu. Chegada a oportunidade do Raquetc, juntamente com a minha ambição de ser jornalista, foi fácil aceitar juntar-me à equipa.