Simona Halep ou Kiki Bertens: uma delas vai suceder a Petra Kvitova em Madrid

Fotografia: WTA

A final feminina do Mutua Madrid Open 2019 já está definida e com um nome já conhecido da edição passada. A holandesa Kiki Bertens, que esta quinta-feira derrotou a campeã em título Petra Kvitova, na reedição da final de 2018, vai voltar a ter a oportunidade de ser feliz na terra batida da Caja Mágica de Madrid.

A número sete do Mundo desenvencilhou-se da norte-americana Sloane Stephens (8.ª WTA) em apenas duas partidas, com parciais de 6-2 e 7-5, naquela que foi a segunda meia-final do dia. Na primeira, a romena Simona Halep, que disputa em Madrid o seu primeiro torneio WTA desde Miami, precisou de três sets para vencer a suíça Belinda Bencic (18.ª WTA). A número três mundial venceu em exatas duas horas de jogo, com parciais de 6-2, 6-7(2) e 6-0.

Este sábado, Halep e Bertens voltam ao court para decidirem entre si quem vai suceder a Petra Kvitova como a nova campeã do torneio madrileno. As duas tenistas já se defrontaram anteriormente em quatro ocasiões, sendo que o saldo é de duas vitórias para cada lado. Esta época, Kiki Bertens já levantou o troféu em São Petersburgo, ao passo que o melhor resultado de Halep foi a final perdida em Doha.

Avatar
Adepto do desporto em geral mas com especial carinho pela "bolinha saltitona". O bichinho surgiu ainda Rafael Nadal não tinha mangas e não mais saiu. Chegada a oportunidade de me juntar ao Raquetc, juntamente com a minha ambição de ser jornalista, foi fácil aceitar juntar-me à equipa.