Kevin Anderson desiste do Millennium Estoril Open e de toda a temporada de terra batida

Kevin Anderson1
Fotografia: Fernando Correia/Millennium Estoril Open

A quatro dias do começo do Millennium Estoril Open, uma grande baixa: Kevin Anderson, número seis do ranking ATP, anunciou esta terça-feira que vai falhar o torneio português e toda a temporada de terra batida devido a uma lesão no cotovelo.

“Depois de falar com a minha equipa médica decidimos que a melhor decisão é descansar e recuperar da lesão no cotovelo por mais algumas semanas”, pode ler-se na nota publicada esta terça-feira no Twitter.

Para além do Millennium Estoril Open, onde tudo indicava que iria ser o primeiro cabeça de série, Kevin Anderson também não vai jogar os Masters 1000 de Madrid e Roma e Roland Garros, o segundo torneio do Grand Slam da temporada. “Estou muito desiludido por falhar estes torneios mas sei que é a melhor decisão para a minha carreira.”

O tenista sul-africano de 32 anos até tinha começado a temporada de 2019 com o pé direito ao sagrar-se campeão do ATP 250 de Pune, na Índia, mas depressa começou a ser perturbado pelos problemas no cotovelo. Depois de perder na segunda ronda do Australian Open só voltou a competir dois meses depois, no Masters 1000 de Miami, falhando a defesa do título no ATP 250 de Nova Iorque  e a ida a Indian Wells.

Mais recentemente, o finalista do US Open 2017 e de Wimbledon 2018 desistiu ainda do ATP Masters 1000 de Monte Carlo, o primeiro grande torneio do ano em terra batida, o que significa que em 2019 não pisará por uma única vez um court de terra batida.

Atualizado às 15h09.

Em atualização.

Natural da Ilha do Pico, Açores. Estudante do 3.º ano do curso de Direito da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa. Amante e seguidor de ténis desde a adolescência.