João Domingues mais próximo do regresso ao top 200, Gonçalo Oliveira sobe 33 lugares

João Domingues
Fotografia: Tennis Club de Tunis

A atualização do ranking ATP desta segunda-feira proporcionou mudanças a praticamente todos os tenistas portugueses que estão classificados. Entre eles, destacam-se João Domingues e Gonçalo Oliveira — os dois jogadores que brilharam no circuito Challenger.

Vice-campeão em Tunes, onde só foi travado pelo número 81 mundial Pablo Cuevas (que com o 13.º título da carreira em torneios da categoria passou a 73.º), João Domingues subiu sete lugares para ficar mais perto do regresso ao top 200: é agora o 214.º.

O oliveirense, que disputou a segunda final da carreira, chegou a ser 166.º em novembro de 2017 e tem como próxima paragem (ainda não confirmada) o Millennium Estoril Open.

Já Gonçalo Oliveira foi o jogador que subiu mais posições. O portuense realizou a melhor semana da carreira em singulares na localidade chinesa de Anning, onde chegou às meias-finais de um dos torneios mais fortes do circuito (categoria Challenger 125), e com esse resultado escalou 33 posições para se fixar no 262.º posto.

Para além deles, também registam subidas João Sousa (+1) e Frederico Silva (+1), enquanto Pedro Sousa (-1), Gastão Elias (-5), João Monteiro (-2), Tiago Cação (-1) e Nuno Borges (-2) desceram. Fred Gil (553.º) é o único a manter-se na posição da atualização anterior.

Portugueses no ranking ATP:

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais. Por isso depois chegaram o padel e o squash. E assim cá estamos, no RAQUETC ("raquetecétera"). Como escreveu Fernando Pessoa nos anos 20, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."