Fabio Fognini: “Um dos meus sonhos de criança era ganhar este torneio”

O Internazionali BNL d’Italia é o maior torneio de ténis disputado em solo italiano e para a grande maioria dos jogadores que nascem naquele país é um dos principais — senão o principal — sonhos de criança. Mas para Fabio Fognini a história é ligeiramente diferente.

Porque o tenista italiano nasceu em Sanremo e continua a viver na costa italiana, a uma curta viagem de carro do Monte Carlo Country Club, onde se habituou a ir desde pequeno para ver alguns dos melhores tenistas do mundo.

Por isso, não é surpreendente ouvi-lo a desabafar que um dos seus maiores sonhos de criança era vencer no principado do Mónaco. Este domingo, o sonho tornou-se realidade e o melhor tenista masculino italiano das últimas décadas não escondeu as emoções.

“Estou muito, muito feliz. Preciso de tomar um duche, relaxar e refletir porque o que aconteceu é incrível”, começou por desabar Fabio Fognini na conferência de imprensa. “Sinto-me muito feliz porque ganhei um grande torneio e esse sempre foi um objetivo da minha carreira. Estamos a falar de um Masters 1000…”

“Sou um homem feliz, tenho tudo na vida e não posso pedir mais nada… Talvez só mais um troféu como este”, acrescentou entre risos antes de confessar que vencer no principado “era um sonho de criança. Hoje vou celebrar e beber um copo em casa”, concluiu depois de uma semana em que contou com o forte apoio das centenas de compatriotas que tal como ele fizeram a curta viagem para chegar a Monte Carlo.

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais. Por isso depois chegaram o padel e o squash. E assim cá estamos, no RAQUETC ("raquetecétera"). Como escreveu Fernando Pessoa nos anos 20, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."