Campeão Pedro Sousa lidera quarteto luso confirmado no Braga Open, que continua sem jogadores do top 100

Um ano depois de uma primeira edição de sucesso, o Braga Open volta a acontecer entre os dias 6 e 12 de maio no Clube de Ténis de Braga e esta segunda-feira ficou a conhecer a sua lista de inscritos. Já há quatro jogadores “da casa” confirmados no quadro principal de singulares.

Pedro Sousa, campeão da edição inaugural do torneio, surge como o melhor jogador entre os inscritos fruto da 106.ª posição que ocupa na atualização do ranking desta segunda-feira. A ele, juntam-se ainda João Domingues, Gastão Elias (que na edição inaugural chegou às meias-finais) e Frederico Silva.

O nome mais sonante entre os restantes inscritos pertence ao espanhol Tommy Robredo, atual número 225 do mundo (em 2006 foi top 5) que há um ano saiu de Portugal com um troféu de campeão, mas na semana seguinte — no Lisboa Belém Open, o outro torneio Challenger que aconteceu em Portugal.

À semelhança do que aconteceu em 2018, o torneio volta a não contar com qualquer membro do top 100 mundial entre os inscritos — uma situação que se pode, naturalmente, alterar quer consoante os resultados obtidos pelos tenistas até ao arranque do torneio quer pela atribuição dos wild cards.

Na lista de alternates, Fred Gil é o português melhor cotado (está na 18.ª posição caso consiga utilizar o ranking ITF).

Lista de inscritos no quadro principal do Braga Open:

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais. Por isso depois chegaram o padel e o squash. E assim cá estamos, no RAQUETC ("raquetecétera"). Como escreveu Fernando Pessoa nos anos 20, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."