Mariam Bolkvadze é a segunda campeã do ano no Bom Sucesso Resort

Chegou ao fim o último de dois torneios marcados de forma consecutiva para a Bom Sucesso Tennis Academy. Depois de nove eventos organizados em 2018, o resort de Óbidos voltou a receber provas ITF de 25.000 dólares em prémios monetários e, depois de consagrar a belga Maryna Zanevska como primeira campeã da época, premiou Mariam Bolkvadze.

A finalista de pares do torneio júnior de Wimbledon em 2016 — que é a atual número 268 do ranking WTA — já tinha sido finalista na relva de Óbidos há uma semana e desta feita derrotou na final a espanhola Nuria Parrizas-Diaz (campeã de um dos torneios neste local em 2017) pelos parciais de 6-2 e 7-6(5) para ficar com o mais desejado dos troféus.

A vitória em dois parciais permitiu à jogadora da Geórgia erguer o quinto troféu de singulares da carreira e também o mais importante, depois de três triunfos em provas de 10.000 dólares (um em 2015 e dois em 2016) e um em 15.000 (no ano de 2017).

A jogadora portuguesa com melhor prestação na prova foi Francisca Jorge. A tenista vimarenense, que treina atualmente no Centro de Alto Rendimento, venceu na primeira ronda a eslovena e top 400 do mundo Natja Kolar, porém na segunda eliminatória foi eliminada pela espanhola Eva Guerrero Alvarez.

Na variante de pares, Sofia Shapatava e Emily Wembley-Smith “roubaram” a dobradinha a Mariam Bolkvadze, que fez parceria com Kolar, vencendo o encontro no parcial decisivo, por 6-1, 2-6 e 11-9.

Duarte Silva
Estudante do curso de Economia na Universidade do Minho. Jogador de ténis e padel federado. Colaborador Raquetc desde abril de 2019.