Casper Ruud. O inquilino de Rafael Nadal vai jogar a primeira final ATP

Tal pai… Tal filho. 24 anos depois de Christian Ruud ter lutado pelo troféu de campeão em Bastad, a Noruega vai voltar a ter um representante na final de um torneio ATP: Casper Ruud, o filho, que este sábado carimbou o apuramento para o jogo do título em Houston.

Casper Ruud (94.º ATP) é desde agosto de 2018 um dos “inquilinos” de Rafael Nadal na academia de luxo que o espanhol construiu em Maiorca e fez jus ao famoso ditado, vencendo à terceira tentativa uma meia-final: 7-5 e 6-2 frente ao colombiano Daniel Elahi Galan (241.º), um “desconhecido” que se revelou ao ultrapassar o qualifying.

Antes, o prodígio norueguês tinha caído nas meias-finais do ATP 500 do Rio de Janeiro, em 2017, e do ATP 250 de São Paulo, já este ano.

A final do Fayez Sarofim & Co. U.S. Men’s Clay Court Championship — o único torneio ATP de terra batida a acontecer em solo norte-americano — vai coroar um novo campeão no circuito, uma vez que no lado oposto ao de Casper Ruud (finalista do Braga Open em 2018) estará o número 73 do mundo Christian Garin (que na semana seguinte terminou o Lisboa Belém Open como finalista).

O chileno até já tem experiência em finais deste nível (foi ele o responsável pela eliminação de Casper Ruud nas meias-finais de São Paulo, de onde saiu como vice-campeão), faltando-lhe apenas dar o último passo.

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais. Por isso depois chegaram o padel e o squash. E assim cá estamos, no RAQUETC ("raquetecétera"). Como escreveu Fernando Pessoa nos anos 20, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."