João Sousa com top 15 pela frente na primeira ronda do Masters 1000 de Monte Carlo

Está definido o primeiro adversário de João Sousa no Rolex Monte-Carlo Masters, o terceiro torneio da temporada na categoria Masters 1000, que se joga nos courts de terra batida do majestoso Monte Carlo Country Club entre 13 e 21 de abril.

Depois de atingir a terceira ronda do ATP Masters 1000 de Miami, onde cedeu diante do gigante Kevin Anderson, o vimaranense optou por prescindir do ATP 250 de Marraquexe e regressa à competição com um primeiro desafio de peso: o russo Daniil Medvedev, 14.º classificado na tabela ATP e por isso um dos cabeças de série.

Aos 23 anos, o tenista natural de Moscovo está a protagonizar um excelente arranque de temporada, tendo já amealhado o quarto título da carreira (foi no torneio de Sófia, em piso rápido coberto), mas até é de boas memórias para o tenista português.

Porque se o frente a frente entre ambos regista um triunfo para cada lado, o de João Sousa aconteceu em terra batida e marcou um ponto de viragem num capítulo importante para Conquistador: foi a primeira vitória da carreira no Millennium Estoril Open, de onde acabaria por só sair com o troféu de campeão nas mãos.

Caso triunfe na ronda inaugural, o tenista português de 30 anos irá defrontar na segunda eliminatória o vencedor do duelo entre Radu Albot e um tenista proveniente da fase de qualificação.

O pupilo de Frederico Marques está na metade do quadro de jogadores como Novak Djokovic, Dominic Thiem e Stefanos Tsitsipas.

Atualizado às 20h10.

Daniel Basto
Fundador do projeto InCourt. Colabora com o Raquetc desde março de 2019.