Ténis em Cadeira de Rodas. Portugal perde com a República Checa e vai lutar pelo 11.º lugar

A seleção nacional masculina de ténis em cadeira de rodas foi derrotada numa jornada muito prejudicada pela chuva e o vento, que empurraram o começo do dia para a parte da tarde e a conclusão do último encontro para cerca das 22 horas, já sob os holofotes da Vilamoura Tennis & Padel Academy. Com este resultado, a equipa da casa já só pode almejar o 11.º lugar na Qualificação Europeia do Campeonato do Mundo de Equipas de Ténis em Cadeira de Rodas.

Na jornada desta sexta-feira, Portugal perdeu por 2-0 com a República Checa num encontro marcado pela aposta do selecionador nacional no terceiro e quarto jogadores da equipa: Francisco Aguiar, que realizou a estreia enquanto representante da seleção nacional, perdeu por 6-2 e 6-1 para Petr Utikal e logo a seguir João Sanona saiu derrotado pelos equilibrados parciais de 7-6(4), 6-7(6) e 6-4 frente a Tomas Svasek.

Os dois jogadores desperdiçaram oportunidades até que no final acabou por ser o “visitante” a sorrir por último: Sanona recuperou de 2-5 para 6-5 no primeiro set e acabou por perder esse parcial no tie-break; depois, o croata desperdiçou um match point no segundo devido a uma dupla falta até que, por fim, o jogador português liderou por 4-2 com três pontos para o 5-2 no terceiro e decisivo parcial mas não conseguiu segurar a vantagem, acabando por sofrer a reviravolta com quatro jogos consecutivos para o outro lado.

No final de um longo dia, o selecionador nacional Joaquim Nunes explicou que “sabendo que eram dois encontros ao nível deles, quis que testassem os seus limites e sentissem a pressão de terem de ganhar. Foram dois encontros renhidos. Teria sido interessante termos ganho um destes encontros porque teríamos transferido a responsabilidade para as nossas primeiras linhas e neste caso acho que o Carlos Leitão e o Jean-Paul Melo conseguiriam tirar vantagem, até porque o n.º1 da República Checa já estava muito cansado.”

Este resultado faz com que Portugal já só possa aspirar ao 11.º lugar nesta Qualificação Europeia do Campeonato do Mundo de Equipas de Ténis em Cadeira de Rodas, mas para isso tem de somar a primeira vitória em três anos frente à Croácia.

Quanto às finais, marcadas igualmente para este sábado, vão colocar frente a frente Rússia e Itália no setor feminino e Áustria e Grécia no masculino.

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais. Por isso depois chegaram o padel e o squash. E assim cá estamos, no RAQUETC ("raquetecétera"). Como escreveu Fernando Pessoa nos anos 20, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."