Gonçalo Oliveira será o sétimo português na história a integrar o top 100 mundial de pares

Será já na próxima segunda-feira, dia 18 de março, que Portugal contará com a presença de mais um top 100 mundial na variante de pares. Gonçalo Oliveira é o obreiro do feito, ele que garantiu essa inédita entrada ao apurar-se para a final de pares de Shenzhen.

O jovem portuense vai juntar-se a João Sousa na lista atual e tornar-se assim no sétimo português na história a chegar aos 100 primeiros lugares no ranking reservado às duplas, igualando o feito de Nuno Marques, Bernardo Mota, Emanuel Couto, João Cunha e Silva e Leonardo Tavares.

Eis os seis melhores jogadores de pares portugueses no ranking ATP:

1. João Sousa – 32.º

2. Nuno Marques – 58.º

Fonte: website oficial da Federação Portuguesa de Ténis

3. João Cunha e Silva – 79.º

4. Emanuel Couto – 91.º

Fotografia: Fernando Correia/Federação Portuguesa de Ténis

5. Leonardo Tavares – 95.º

6. Bernardo Mota – 96.º

7. Gonçalo Oliveira – 99.º

Francisco Semedo
Licenciado em Turismo e a tirar Mestrado em Ciências da Comunicação, desde cedo se interessou pelo ténis. Começou aos 9 e desde então tem um olhar atento e constante de tudo o que se passa naquela que considera ser a melhor modalidade a todos os níveis.