Dominic Thiem junta-se a Roger Federer na final de Indian Wells

Twitter BNP Paribas Open

Pela primeira vez na sua carreira, Dominic Thiem garante a presença no encontro decisivo de um Masters 1000 disputado em piso rápido. O austríaco conseguiu tal feito depois de bater o canadiano Milos Raonic este sábado em três partidas.

Ao contrário do que seria expectável, Thiem foi o que se mostrou mais forte no capítulo do serviço: colocou 76% de primeiros serviços e venceu 65 dos 79 pontos disputados com o mesmo. O único ponto de break nos dois primeiros sets surgiu no serviço de Raonic, pelo que naturalmente ambos foram decididos no tiebreak.

No terceiro parcial, Thiem adiantou-se no quinto jogo com uma quebra de serviço. Até ao final do encontro, aguentou sempre o seu serviço e fechou a passagem à final com os parciais de 7-6(6), 6-7(3) e 6-4. Com esta vitória, o atual oitavo classificado da hierarquia já garantiu pelo menos a subida ao quinto posto.

Para este domingo e no papel, o desafio que separa o austríaco do título e da subida ao quarto lugar do ranking mundial será bem maior: nada mais nada menos que Roger Federer. O suíço beneficiou este sábado da desistência de Rafael Nadal para atingir a nona final da carreira em Indian Wells.

No setor feminino, a final será disputada entre a alemã Angelique Kerber e a jovem canadiana Bianca Vanessa Andreescu.

Diogo Leite
Licenciado em Gestão e com o Mestrado em Finanças concluído. É um apaixonado por ténis e padel. Adora conhecer tudo e todos dentro da modalidade, bem como estar a par das recentes notícias.