Gonçalo Oliveira não resiste ao primeiro encontro em Yokohama

Gonçalo Oliveira M

Depois de Gastão Elias ultrapassar a primeira ronda na jornada de segunda-feira em Yokohoma, Gonçalo Oliveira (288.º) foi incapaz de seguir os passos do tenista da Lourinhã, invertendo assim os papéis que tinham sido atribuídos a semana passada em Banguecoque.

Se no torneio tailandês foi o número 4 português a cair na estreia e o portuense a seguir em frente, no Japão foi precisamente o contrário, mas com o mesmo responsável pela eliminação: o russo Ivan Gakhov (385.º).

A partida que teve a duração de 1h40 ficou resolvida com os parciais de 6-3 e 7-6(5), com o primeiro set a ser resolvido com a existência de apenas um break, ao contrário do segundo em que esse fator não teve influência, chegando a um tie-break onde o português andou sempre atrás do marcador.

Com o afastamento da prova de singulares, resta a Gonçalo Oliveira a variante de pares. O tenista de 24 anos vai tentar repetir o resultado da semana passada, desta vez atuando ao lado do nipónico Kaichi Uchida.

Francisco Semedo
Licenciado em Turismo e a tirar Mestrado em Ciências da Comunicação, desde cedo se interessou pelo ténis. Começou aos 9 e desde então tem um olhar atento e constante de tudo o que se passa naquela que considera ser a melhor modalidade a todos os níveis.