Millennium Estoril Open está à procura de voluntários e as inscrições já estão abertas

O Millennium Estoril Open está aí à porta. Em 2019 joga-se a quinta edição — que já tem cinco jogadores confirmados — e em conjunto com a Marginal Voluntariado a organização está à procura de voluntários para fazerem parte do único torneio do ATP Tour a acontecer em Portugal.

As candidaturas são feitas entre 15 de fevereiro e 31 de março através do formulário que foi divulgado esta sexta-feira pela organização. À espera dos interessados estão várias funções, que foram distribuídas em quatro categorias:

  • Apoio geral ao evento – informação e encaminhamento dos participantes; gestão dos courts; apoio e encaminhamento do público; apoio à organização em questões logísticas e de execução);
  • Produção voluntariado – apoio à coordenação do voluntariado na gestão do dia-a-dia dos voluntários (check-ins, refeições, vestuário, gestão da sala de voluntários, etc); substituição ou reforço de áreas em faltas ocasionais ou necessidades imprevistas
  • Cobertura fotográfica do voluntariado
  • Cobertura vídeo do voluntariado

São requisitos para todos os candidatos idade igual ou superior a 16 anos, disponibilidade horária nos períodos indicados e características como espírito de equipa, iniciativa, organização e boa comunicação.

A Marginal Voluntariado, empresa escolhida pela organização do Millennium Estoril Open para a edição deste ano, informa ainda que os voluntários que forem aceites terão de passar por uma formação obrigatória e terão direito a farda (pólo/t-shirt, calças, casaco e corta vento), almoço, lanche e jantar (nos dias de sessões noturnas), seguro obrigatório, certificado de participação e um bilhete para o dia entre 27 de abril e 3 de maio, entre outros benefícios.

As informações completas e o formulário de inscrição podem ser encontrados aqui.

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais. Por isso depois chegaram o padel e o squash. E assim cá estamos, no RAQUETC ("raquetecétera"). Como escreveu Fernando Pessoa nos anos 20, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."