Yastremska conquista segundo título da carreira numa final com desfecho que já está a dar que falar

Dayana Yastremska tem apenas 18 anos e a partir deste domingo conta com dois títulos WTA no currículo. A jovem ucraniana completou uma semana de sonho para se sagrar campeã da primeira edição do torneio disputado na cidade tailandesa de Hua Hin.

Numa final disputada entre duas jogadoras bastante jovens, tudo indicava que seria a australiana Ajla Tomljanovic a ficar com o título até que uma reviravolta de última hora inverteu por completo a situação. O que promete dar que falar é a base dessa recuperação: Dayana Yastremska perdia por 2-5 no último set quando pediu um medical time-out, ou seja, assistência médica.

Do outro lado, Tomljanovic preparava-se para servir e não ficou satisfeita com a situação. Não é para menos: a partir daí, a número 49 do mundo só venceu mais um jogo, acabando por ver confirmada a reviravolta quando o relógio apontava 2h25 de encontro: 6-2, 2-6 e 7-6(3) foram os parciais de uma final que nem uma nem outra esquecerão.

Com a vitória deste domingo na edição inaugural do torneio de Hua Hin, Dayana Yastremska vai alcançar um novo máximo de carreira no ranking mundial: será a 34.ª classificada, fazendo desta a primeira vez na história que a Ucrânia conta com três jogadoras no top 40 — a ela juntam-se Lesia Tsurenko (24.ª, também num máximo de carreira) e Elina Svitolina, que é a sétima melhor jogadora da tabela.

O primeiro título conquistado pela jovem ucraniana data do final da temporada de 2018, quando ergueu o troféu de campeã em Hong Kong.

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais. Por isso depois chegaram o padel, o squash e o ténis de mesa. E assim cá estamos, no RAQUETC ("raquetecétera"). Como escreveu Fernando Pessoa nos anos 20, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."