Vídeo: Depois da derrota, Sharapova não teve paciência para as perguntas destes jornalistas

Maria Sharapova foi derrotada na quarta ronda do Australian Open e não ficou contente com o resultado. E que o digam os jornalistas que marcaram presença na conferência de imprensa, onde a tenista russa revelou não ter paciência para responder a questões mais delicadas.

Desde o comportamento do público — que a assobiou quando recolheu aos balneários depois de perder o segundo set — à forma como lida com as exigências físicas de circunstâncias como torneios do Grand Slam desde que foi suspensa pelo uso indevido de Meldonium, Maria Sharapova recusou-se a completar com respostas as perguntas que lhe foram feitas.

Mais tarde, quando confrontado por um utilizador que sugeriu que “depois de uma derrota como esta talvez o timing não tenha sido o melhor”, o jornalista do The Times, Stuart Fraser, defendeu a sua questão relacionada com o Meldonium. “A Sharapova acaba de perder um encontro de três sets no qual passou claramente por dificuldades físicas. Só chegou aos quartos de final de um Grand Slam numa ocasião desde que regressou. Acredito que é pertinente fazer esta pergunta depois deste encontro.”

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais. Por isso depois chegaram o padel e o squash. E assim cá estamos, no RAQUETC ("raquetecétera"). Como escreveu Fernando Pessoa nos anos 20, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."