Confirmado: 20 meses depois, João Sousa vai regressar ao top 40 mundial

Pela primeira vez em 20 meses, João Sousa vai voltar a figurar no top 40 mundial. O regresso do vimaranense a esse grupo foi confirmado este sábado com os vários resultados que se verificaram no Australian Open.

A boa campanha em Melbourne, que o viu chegar pela terceira vez à terceira ronda do quadro principal de singulares, colocava o número um nacional no 39.º posto virtual do ranking mas ainda havia outros jogadores em prova que o podiam ultrapassar, pelo que foi necessário esperar pela conclusão da jornada para ver confirmado esse regresso.

Pierre-Hugues Herbert, Filip Krajinovic, Alexei Popyrin e Alex Bolt eram quatro dos cinco jogadores que podiam “empurrar” o vimaranense para baixo na classificação e todos foram derrotados na terceira ronda, pelo que só Tomas Berdych (defronta Rafael Nadal na quarta ronda) pode ultrapassar João Sousa no final do Australian Open.

Ou seja, o vimaranense tem garantida a subida ao 40.º posto do ranking mundial na segunda-feira seguinte à conclusão do torneio, podendo até ser 39.º caso o checo não atinja as meias-finais.

Esta será a primeira vez desde 1 de maio de 2017 que João Sousa fará parte do top 40 mundial. Em julho do último ano esteve perto de lá voltar (foi 41.º na semana de dia 23) mas acabou por não conseguir e desde o mês de outubro que tem ficado quase sempre na 44.ª posição.

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais. Por isso depois chegaram o padel e o squash. E assim cá estamos, no RAQUETC ("raquetecétera"). Como escreveu Fernando Pessoa nos anos 20, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."