João Sousa: “Estou muito contente por ter conseguido manter a intensidade e o nível durante cinco sets”

João sousa
Fotografia: Tennis Australia

Pela sétima vez na carreira, João Sousa está apurado para a terceira ronda do quadro principal de singulares de um torneio do Grand Slam. Um feito que, naturalmente, deixa o melhor tenista português de todos os tempos bastante satisfeito.

“Como podem imaginar estou muito contente com esta vitória, não só pela vitória mas também pelo nível que exibi. Consegui fazer um grandíssimo encontro frente a um grande jogador, o nível de ambos foi notório e foi um grande encontro. Estou muito contente por ter conseguido manter essa intensidade e esse nível durante os cinco sets”, começou por dizer em declarações enviadas à imprensa.

“Foram cinco sets muito exigentes a nível físico, tático e mental”, acresceu o número 1 português e 44.º do ranking ATP, que reconheceu que “no final do terceiro set houve uma paragem [devido à chuva] que o favoreceu um bocadinho, ele voltou mais forte e a servir muito bem mas eu consegui manter-me focado, estar estável e jogar um grandíssimo nível.”

Agora, João Sousa quer “desfrutar desta vitória” antes de começar a olhar para o encontro da segunda ronda de pares, que disputa já na sexta-feira, e o de singulares, marcado para sábado frente a Kei Nishikori.

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais. Por isso depois chegaram o padel, o squash e o ténis de mesa. E assim cá estamos, no RAQUETC ("raquetecétera"). Como escreveu Fernando Pessoa nos anos 20, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."