João Zilhão sobre o regresso de De Minaur: “Personifica o tipo de jogador que apreciamos”

Dois nomes, duas estrelas da nova geração. Alex de Minaur juntou-se esta terça-feira a Stefanos Tsitsipas na ainda curta lista de jogadores já confirmados para o Millennium Estoril Open 2019 e o diretor do torneio, João Zilhão, teceu muitos elogios ao jovem australiano.

“O Alex de Minaur personifica o tipo de jogador que apreciamos: grande potencial, entrega total ao jogo e muito competitivo, característica confirmada com a conquista do seu primeiro título ATP alcançado no passado fim de semana em Sydney”, afirmou o responsável máximo pelo maior torneio organizado em solo português no comunicado enviado à imprensa.

Na mesma mensagem, João Zilhão destacou que “em 2018 apostámos em dois jovens desconhecidos do grande público e eles acabaram a época a disputarem a final do NextGen ATP Finals“. Agora, “vão regressar já como vedetas estabelecidas do circuito profissional masculino e mantêm ambos uma enorme margem de progressão”.

O diretor do torneio refere-se ao wild card que atribuiu a De Minaur e que o tenista australiano aproveitou para somar a primeira vitória da carreira em torneios ATP de terra batida e chegar aos quartos de final do quadro de pares ao lado do ídolo e mentor Lleyton Hewitt.

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais. Por isso depois chegaram o padel e o squash. E assim cá estamos, no RAQUETC ("raquetecétera"). Como escreveu Fernando Pessoa nos anos 20, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."