Gonçalo Oliveira junta-se a Bernardo Saraiva nos “quartos”

Tal como sucedeu ontem, a jornada de quarta-feira do Future de 15.000 dólares de Doha sorriu duplamente ao ténis português: depois de Bernardo Saraiva, também Gonçalo Oliveira triunfou rumo aos quartos de final.

O número cinco nacional, que ocupa esta semana a 280.ª posição da hierarquia individual e defende o estatuto de segundo cabeça de série em solo qatari, foi forçado a uma terceira e decisiva partida mas acabou por provar nos momentos-chave a sua superioridade face ao menos cotado russo Shalva Dzhanashiya (586.º ATP), por intermédio dos parciais de 6-3, 5-7 e 6-4, num encontro que durou duas horas e 28 minutos.

Obtida mais uma vitória na prova que se disputa no mesmo complexo que acolhe anualmente o ATP 250 de Doha e o WTA Premier 5 de Doha, Oliveira vai agora à procura da qualificação para as meias-finais frente ao sexto favorito, o belga Zizou Bergs (389.º).

Natural da Ilha do Pico, Açores. Estudante do 3.º ano do curso de Direito da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa. Amante e seguidor de ténis desde a adolescência.