Future de Doha: Bernardo Saraiva regressa aos quartos de final

Bernardo-Saraiva-.

Cerca de quatro meses depois, Bernardo Saraiva (883.º) voltou a inscrever o seu nome nos quartos de final da variante individual de um torneio Future. Aconteceu em Doha, no Qatar, onde o tenista lisboeta continua em grande forma.

Sensivelmente 24h depois de ter somado a maior vitória da sua carreira, o jogador português de 25 anos de idade não se quis ficar por aqui e deu o melhor seguimento possível a esse estrondoso triunfo ao bater esta quarta-feira o qualifier bielorrusso Mikalai Haliak (832.º ATP), por 6-1 e 6-3, ao fim de uma hora e 31 minutos de contenda.

Desta forma, Saraiva chega ao top-8 de uma prova desta categoria pela quarta vez na presente temporada (a última ocasião em que o havia conseguido foi no torneio de 25.000 dólares de Portoviejo, no Equador) e parte agora em busca da presença nas suas segundas meias-finais do ano e primeiras desde o supramencionado evento sul-americano.

Sara Lança não passa da estreia em Monastir

Em solo tunisino, Sara Lança não conseguiu seguir os passos de Fred Gil e Francisco Dias e foi assim eliminada na eliminatória inaugural do quadro principal do ITF de 15.000 dólares de Monastir.

A atleta lusa de 21 anos, que teve acesso direto à principal grelha de participantes e é a atual 1014.ª do ranking WTA, não resistiu à segunda pré-designada, a suíça Leonie Kung (495.ª), o que ditou um desaire cifrado nos parciais de 6-3 e 6-0.

Avatar
Natural da Ilha do Pico, Açores. Estudante do 3.º ano do curso de Direito da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa. Amante e seguidor de ténis desde a adolescência.