Roberto Bautista Agut é “totalmente a favor” das mudanças na Taça Davis

Roberto Bautista Agut
Fotografia: ASB Classic

As reformas ao formato tradicional da Taça Davis ganharam, esta semana, mais um apoiante. Roberto Bautista Agut, que tem feito parte da elite mundial nos últimos anos mas passou ao lado das épocas de glória da Espanha na competição, revelou ser “totalmente a favor” do modelo que será implementado na competição já no próximo ano.

Em entrevista ao dada ao Castellón Plaza, o tenista espanhol de 30 anos lembra que “esta mudança de formato dá-nos três semanas livres durante o ano [relativas aos antigos oitavos, quartos e meias-finais do Grupo Mundial, nas quais não são organizados torneios ATP] e isso dá-nos um fôlego incrível depois de períodos de competição tão grandes como os que tenho.”

Atual número 24 do ranking ATP, o tenista natural de Castelló de la Plana reconhece que “as datas do próximo ano não são as melhores porque ficam muito próximas do final da temporada” mas sabe que “os organizadores vão seguramente tentar alterá-las no futuro”, razões pelas quais diz ser “totalmente a favor” da transformação do Grupo Mundial numa só semana, a partir de 2019 designada de Davis Cup Finals.

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais. Por isso depois chegaram o padel e o squash. E assim cá estamos, no RAQUETC ("raquetecétera"). Como escreveu Fernando Pessoa nos anos 20, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."