WPT Master Final: Quem serão as 16 duplas presentes em Madrid?

Terminada a época regular, é hora de definir as dezasseis duplas que vão disputar os dois troféus mais desejados de 13 a 16 de dezembro no Estrella Damm Master Final 2018. Se no lado feminino já não há muitas dúvidas, no setor masculino ainda há muito por descobrir sobre as duplas que vão participar no torneio de final do ano.

Uma coisa é certa no torneio masculino: Maxi Sánchez & Sanyo Gutiérrez, recentes vencedores do Murcia Open, terminarão a época na liderança do ranking mundial e serão os primeiros cabeças de série no torneio madrileno. A partir daqui surgem algumas dúvidas, sendo que grande parte delas se poderão dissipar a partir do momento em que Fernando Belasteguín confirmar ou não a sua presença em Madrid.

Sem nenhuma informação oficial, apenas se pode especular alguns pares que se poderão juntar no Master Final. Sem Bela, provavelmente Pablo Lima irá jogar de novo com Paquito Navarro (serão os segundos cabeças de série) e, consequentemente, Juan Martín Díaz junta-se com Juan Lebrón.

Desta forma, surge a dúvida chamada Juan Belluati: o argentino está colocado na 14ª posição do ranking mundial e necessitaria de se juntar a alguém do top-23 (curiosamente o lugar ocupado pelo seu último parceiro, Pablo Lijo) para obter os pontos necessários e relegar Lucho Capra & Ramiro Moyano as posições de suplentes.

É também importante salientar que esta será a última prova que Cristian Gutierrez e Franco Stupaczuk jogarão juntos. O mais novo já confirmou a situação na rede social Instagram. Aqui segue a lista provável (caso Bela falhe o Master Final):

  1. Maxi Sánchez & Sanyo Gutiérrez (26.080 pontos)
  2. Paquito Navarro & Pablo Lima (13.830)
  3. Ale Galan & Matías Díaz (11.460)
  4. Juan Martín Díaz & Juan Lebrón (10.550)
  5. Miguel Lamperti & Juan Mieres (9.820)
  6. Cristian Gutierrez & Franco Stupaczuk (9.380)
  7. Javi Ruiz & Uri Botello (7.640)
  8. Juan Belluati & Pablo Lijo (5.725)
  9. Ramiro Moyano & Lucho Capra (primeiros suplentes – 5.660)

Caso Bela opte por participar, as dúvidas começam logo por tentar perceber se Pablo Lima volta para o seu parceiro habitual ou se se mantém ao lado de Paquito Navarro. Desta forma, torna-se muito díficil fazer qualquer previsão para esta hipótese.

Para além da lesão de Cecilia Reiter (que a impediu de disputar os quartos de final em Murcia, bem como de disputar a totalidade da final no Challenger de Arroyo), não existem muitas dúvidas no setor feminino e as duplas estão praticamente definidas. Confirme aqui:

  1. Majo & Mapi Sánchez Alayeto (23.140 pontos)
  2. Alejandra Salazar & Marta Marrero (18.920)
  3. Gemma Triay & Lucia Sainz (18.180)
  4. Ariana Sánchez & Marta Ortega (10.680)
  5. Eli Amatríain & Patty Llaguno (7.700)
  6. Carolina Navarro & Cecilia Reiter (6.940)
  7. Bea Gonzalez & Cata Tenorio (6.230)
  8. Teresa Navarro & Victoria Iglesias (4.570)
  9. Nelida Brito & Aranzazu Osoro (primeiras suplentes – 3.440)

Ao contrário do último ano, a portuguesa e recente vencedora do Challenger de Arroyo Ana Catarina Nogueira não irá marcar presença em Madrid como suplente dado que irá terminar a época na 21ª posição da hierarquia mundial.

Diogo Leite
Licenciado em Gestão e com o Mestrado em Finanças concluído. É um apaixonado por ténis e padel. Adora conhecer tudo e todos dentro da modalidade, bem como estar a par das recentes notícias.