Jean Paul Mélo salva um championship point e é tetracampeão nacional de ténis em cadeira de rodas

Fotografia: Cirilo Vale

PORTO – Final emocionante a fechar a semana no Clube de Ténis do Porto: num duelo entre campeões, foi Jean Paul Mélo quem, ao fim de 2h50 de encontro, saiu por cima para se sagrar tetracampeão nacional de ténis em cadeira de rodas.

Campeão em título, o jogador português que está radicado no Canadá voltou a ter como adversário o recordista Carlos Leitão (vencedor do Campeonato Nacional entre 2008 e 2014) e aquilo a que se assistiu acabou por ser o melhor encontro da história entre ambos, sendo necessário um tie-break da terceira partida para se conhecer o vencedor — parciais de 6-4, 6-7(4) e 7-6(4) a favor de Mélo.

Numa final muito bem disputada, marcada pelo constante equilíbrio ao longo dos três parciais, até foi Carlos Leitão quem esteve primeiro mais perto da vitória, mas o championship de que dispôs acabou por não ser suficiente e Jean Paul Mélo conseguiu recuperar, acabando por confirmar a vitória no “prolongamento” do terceiro set.

Com este título, Mélo passa a ser tetracampeão nacional de ténis de mesa, ele é o melhor jogador nacional desde o ano de 2015 — que marcou precisamente a interrupção da hegemonia de Leitão.

Fotografia: Cirilo Vale
Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais. Por isso depois chegaram o padel e o squash. E assim cá estamos, no RAQUETC ("raquetecétera"). Como escreveu Fernando Pessoa nos anos 20, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."