Três meses depois, Maria João Koehler está de volta aos treinos

Diz o ditado que quem espera sempre alcança e três meses depois aí está a confirmação: superada a terceira operação ao mesmo joelho, Maria João Koehler voltou, esta quinta-feira, a pegar numa raquete.

Sem competir desde o Porto Open, que se jogou no final do mês de julho, a tenista portuense de 26 anos publicou um pequeno vídeo na sua conta no Instagram onde é possível vê-la a bater uma sequência de direitas em plenos courts do Centro de Alto Rendimento do Jamor, em Oeiras.

O regresso, claro, não se faz de um dia para o outro e Koehler precisará certamente de mais tempo até voltar a entrar em ação no circuito, mas os passos mais difíceis estão dados.

Em 2018, Maria João Koehler regressou aos títulos, conquistando no HENDO Guimarães Ladies Open o seu primeiro troféu de campeã desde 2012, quando em Astana conquistou aquele que ainda hoje é o título mais importante da história do ténis feminino português (num ITF de 100.000 dólares, equivalente aos Challengers ATP mais fortes).

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais. Por isso depois chegaram o padel, o squash e o ténis de mesa. E assim cá estamos, no RAQUETC ("raquetecétera"). Como escreveu Fernando Pessoa nos anos 20, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."