Francisca Jorge segue de forma autoritária para a segunda final consecutiva no Campeonato Nacional

Francisca-Jorge
Fotografia: Cirilo Vale

PORTO – Francisca Jorge somou esta quinta-feira a terceira vitória no Clube de Ténis do Porto e está cada vez mais próxima da revalidação do título no Campeonato Nacional Absoluto/Taça Guilherme Pinto Basto, tendo já reservado um lugar na grande final.

Primeira candidata, a jogadora vimaranense superou com distinção o teste frente a Cláudia Cianci, ao derrotar a terceira cabeça de série por 6-2 e 6-4, refletindo a consistência que tem apresentado ao longo das últimas semanas.

Desta forma, a campeã nacional em título chega aos 13 triunfos consecutivos — antes de chegar ao Campeonato Nacional Absoluto, Francisca Jorge tinha ganho 10 encontros em Lousada, que lhe valeram os dois primeiros títulos de singulares em provas ITF.

Com a presença na final da prova rainha do ténis português já garantida, a jovem vimaranense (que esta semana se tornou na nova número 1 nacional no ranking WTA) terá de esperar algumas horas para conhecer a sua derradeira adversária.

A outra semifinalista sairá do duelo entre Maria Inês Fonte (segunda cabeça de série) e Ana Filipa Santos, ambas à procura da primeira final de singulares no Campeonato Nacional Absoluto.

[1] Francisca Jorge vs. [3] Claudia Cianci, meia-final do Campeonato Nacional Absoluto:

Publicado por Raquetc em Quinta-feira, 8 de Novembro de 2018

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais. Por isso depois chegaram o padel, o squash e o ténis de mesa. E assim cá estamos, no RAQUETC ("raquetecétera"). Como escreveu Fernando Pessoa nos anos 20, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."