João Monteiro regressa com uma vitória ao Campeonato Nacional Absoluto

Dois anos depois, João Monteiro voltou a disputar um encontro no Campeonato Nacional Absoluto/Taça Guilherme Pinto Basto e não perdeu tempo, carimbando rapidamente o acesso aos quartos de final do quadro principal de singulares. Na terça-feira já tinha vencido em pares.

Campeão em 2016, o portuense preparava-se para defender o título quando na véspera do arranque da edição de 2017 se lesionou com gravidade, acabando por desistir e colocar um ponto final na temporada. Agora, está de volta à melhor forma e no primeiro encontro venceu confortavelmente o jovem qualifier Pedro Araújo, de apenas 16 anos, por 6-1 e 6-2.

Somada a 16.ª vitória consecutiva (chegou ao Clube de Ténis do Porto com os títulos nos Futures de Idanha-a-Nova, São Brás de Alportel — ambos de 15.000 dólares — e Tavira, de 25.000|), o número 312 do mundo fica à espera do vencedor do encontro entre Manuel Gonçalves e Gonçalo Pereira.

[1] João Monteiro vs. [Q] Pedro Araújo, 2.ª ronda do Campeonato Nacional Absoluto:

Publicado por Raquetc em Quarta-feira, 7 de Novembro de 2018

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais. Por isso depois chegaram o padel e o squash. E assim cá estamos, no RAQUETC ("raquetecétera"). Como escreveu Fernando Pessoa nos anos 20, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."