Mundial de Padel: Portugal despede-se com o bronze no feminino e o quinto lugar no masculino

Finalizado o Mundial de 2018, é hora de preparar o Mundial de 2020 e com a garantia de que Portugal irá estar presente na sua máxima força. A seleção feminina conquistou um histórico terceiro lugar, ao passo que a masculina sai do Paraguai com um quinto lugar.

Depois da histórica vitória de quinta-feira e de um equilibrado duelo com a Argentina na meia-final (0-3, mas com dois encontros decididos no set decisivo), a equipa lusa bateu a Itália por 2-1 no encontro de atribuição da medalha de bronze e melhorou o quinto lugar obtido em Cascais em 2016. A seleção feminina foi composta por Ana Catarina Nogueira, Sofia Araújo, Filipa Mendonça, Leninha Medeiros, Margarida Fernandes, Marina Afonso, Inês Conde e Patrícia Ribeiro.

No lado masculino, Portugal venceu a equipa uruguaia por 3-0 e confirmou o quinto lugar na classificação final, melhorando também o nono lugar obtido em Portugal há dois anos. A equipa lusa foi composta por Miguel Oliveira, Vasco Pascoal, João Bastos, Diogo Schaefer, Francisco Neves, Ricardo Martins, Sebastião Mendonça e Bernardo Bastos (alteração de última hora em virtude da lesão de Diogo Rocha).

No torneio feminino, a seleção espanhola venceu a congénere argentina e revalidou o título obtido em Cascais. À hora desta notícia, não existia ainda informação sobre a final masculina por equipas.

Na categoria Open (torneio por duplas), o par espanhol formado por Ale Galan & Juan Lebrón beneficiou da desistência dos compatriotas Uri Botello & Javi Ruiz para vencer o Campeonato do Mundo. No setor feminino, vitória para as gémeas Sánchez Alayeto por 6-3 e 7-5 perante Gemma Triay & Lucia Sainz.

Diogo Leite
Licenciado em Gestão e com o Mestrado em Finanças concluído. É um apaixonado por ténis e padel. Adora conhecer tudo e todos dentro da modalidade, bem como estar a par das recentes notícias.