Mundial de Padel: final masculina cancelada devido à “falta de condições”

O nunca visto aconteceu no Campeonato do Mundo de Padel por equipas. Espanha e Argentina, as seleções apuradas para a grande final masculina, concordaram em não disputar o encontro decisivo devido à falta de condições que se verificou nos últimos dias da prova, que foi organizada na cidade de Assunção, no Paraguai.

As condições impraticáveis em que se encontravam os campos estiveram na base do desagrado dos jogadores (entre eles, os líderes do ranking Maxi Sánchez e Sanyo Gutiérrez), que concordaram em não disputar o encontro mais importante da competição. Ou seja, o Campeonato do Mundo de Padel termina sem uma equipa vencedora.

No início deste domingo, e devido às más condições climatéricas, o palco da final começou por ser alterado. Num comunicado, a Federação Paraguaia de Padel explicou que “o palco original não reúne as condições de segurança exigidas pela Federação Internacional de Padel”, mas a nova solução também não agradou aos envolvidos e porque “a mudança para domingo ou segunda-feira era inviável, dado que as seleções tinham viagens e compromissos já marcados” acabou por se tomar a decisão de cancelar o encontro.

Até ao momento, apenas a Federação Espanhola de Padel e a Associação de Padel Argentina emitiram um comunicado, no qual culpam a organização por “uma falta de ideias e recursos para fornecer uma alternativa eficaz” e pelo “caos na organização, traduzido pela falta de informação a todos os níveis, grandes atrasos nos jogos e mau-estar entre jogadores e equipas técnicas”.

Diogo Leite
Licenciado em Gestão e com o Mestrado em Finanças concluído. É um apaixonado por ténis e padel. Adora conhecer tudo e todos dentro da modalidade, bem como estar a par das recentes notícias.