Francisco Cabral vice-campeão de pares do HPZ Ricoh Tavira Tennis Open

TAVIRAFrancisco Cabral falhou este sábado a conquista do título de pares do HPZ Ricoh Tavira Tennis Open, Future algarvio de 25.000 dólares, ao ceder na grande final ao lado do espanhol Sergio Martos Gornes.

Segundos candidatos ao título naquele que é o último torneio internacional do ano a realizar-se em Portugal no que ao circuito masculino diz respeito, o português e o espanhol foram derrotados pelo suíço Luca Castelnuovo e o britânico Luke Johnson (terceiros favoritos) por 4-6, 7-5 e 10-3 ao fim de uma hora e 33 minutos.

A derrota deste sábado impediu o nono título da carreira para Francisco Cabral na variante de pares. Em 2017, o portuense arrecadou quatro títulos e em 2018 tentava chegar aos cinco, sendo que esta poderia ter sido a segunda vitória em provas de 25.000 dólares (depois de Vilamoura, ao lado de Tiago Cação).

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais. Por isso depois chegaram o padel e o squash. E assim cá estamos, no RAQUETC ("raquetecétera"). Como escreveu Fernando Pessoa nos anos 20, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."