Svitolina afasta campeã em título Wozniacki das “meias” e junta-se a Pliskova

Jornada de quinta-feira ao rubro no WTA Finals 2018: foram conhecidas esta tarde as primeiras semi-finalistas daquela que é a última edição da competição em Singapura, sendo que as vencedoras foram Elina Svitolina e Karolina Pliskova.

No primeiro embate do Grupo Branco, Pliskova levou a melhor em sets diretos num duelo 100% checo perante Petra Kvitova, somando a sua primeira vitória em quatro embates travados com a sua mais cotada compatriota através dos parciais de 6-3 e 6-4.

Com uma prestação dominante e convincente, a sétima favorita e número oito mundial deitou por terra qualquer hipótese matemática da sua adversária, quarta pré-designada e quinta do ranking WTA, poder atingir o top-4 do ‘Masters’, impondo-se de forma autoritária na primeira partida e depois recuperando de uma desvantagem de 2-0 na segunda para sair triunfal e terminar a participação da antiga bicampeã de Wimbledon com três desaire em outros tantos encontros.

Contudo, o grande duelo do dia estaria reservado para o confronto entre Svitolina e Caroline Wozniacki: a emoção tomou conta de todos, desde as protagonistas às suas respetivas equipas técnicas, não esquecendo os fãs presentes no court. E no final, a ucraniana, que precisava “apenas” de vencer um set, conseguiu mesmo tal feito ao arrecadar o segundo parcial para forçar Wozniacki a uma ‘negra’ que voltaria a pender para o seu lado, fixando-se o resultado final nos parciais de 5-7, 7-5 e 6-3.

Depois do desfecho do primeiro embate do dia, a campeã do Australian Open sabia de antemão que a única chance que teria de dar continuidade à defesa do título seria por intermédio de uma vitória em duas partidas e a verdade é que deu um primeiro passo nesse sentido ao conquistar o primeiro set.

Ademais, a dinamarquesa, número três WTA e segunda cabeça de série, chegou a estar perto de empurrar o segundo parcial a um tiebreak mas a sexta favorita e sétima do ranking foi capaz de se aguentar e resgatar o set para confirmar desde logo a passagem às meias-finais independentemente do resultado da terceira partida, que, já com poucos pontos de interesse em jogo, ditou nova vitória da única tenista do grupo ainda invicta.

Embora já tenha ficado apurada ao arrecadar o segundo parcial, Elina Svitolina garante com o triunfo final sobre Caroline Wozniacki o topo do grupo pois se tivesse cedido na ‘negra’, então seria Karolina Pliskova quem ficaria com o primeiro lugar do Grupo Branco. Assim sendo, Svitolina (3-0 no grupo) e Pliskova (2-1) avançam para a penúltima fase do WTA Finals no primeiro e segundo posto, respetivamente.

Avatar
Natural da Ilha do Pico, Açores. Estudante do 3.º ano do curso de Direito da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa. Amante e seguidor de ténis desde a adolescência.