João Monteiro soma 12.ª vitória consecutiva rumo aos quartos de final em Tavira

TAVIRA – São quatro os tenistas portugueses apurados para os quartos de final do quadro principal de singulares do HPZ Ricoh Tavira Tennis Open. Se Tiago Cação e Luís Faria garantiram a qualificação na jornada de quarta-feira, Fred Gil inaugurou a de quinta-feira com uma vitória e a ele seguiu-se João Monteiro — que assim chega às 12 vitórias em 12 encontros.

Com dois títulos na “bagagem” das duas últimas semanas, o quarto cabeça de série levou a melhor num duelo entre dois jogadores da cidade do Porto: venceu o amigo e ex-companheiro de treinos Francisco Cabral, por 6-2 e 6-3.

Favorito à vitória, Monteiro — que já tinha ganho o único duelo entre ambos em provas do circuito internacional, há sensivelmente um ano — foi sempre superior. O mais velho dos portuenses (tem 24 anos, mais três do que Cabral) não só não enfrentou um único break point como quebrou por quatro vezes o serviço do adversário, selando a vitória em 1h16.

Somada que está a vitória número 12 em outros tantos encontros disputados, o campeão nacional absoluto de 2016 olha para o duelo com Raphael Baltensperger, que levou a melhor num encontro de suíços ao derrotar Luca Castelnuovo (oitavo favorito) pelos parciais de 6-3 e 6-2.

João Monteiro (4/POR) vs. Francisco Cabral (POR), 2.ª ronda HPZ Ricoh Tavira Tennis Open:

Publicado por Raquetc em Quinta-feira, 25 de Outubro de 2018

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a histórias, a recordes. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais — por isso depois chegaram o padel, o ténis de mesa e o squash. E assim cá estamos, no Raquetc ("raquetecétera"). Como escreveu Pessoa, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."