Tomás Almeida soma quarta vitória em Tavira e garante regresso ao ranking ATP

TAVIRA – O dia não podia ter começado melhor para Tomás Almeida: o tenista português de 19 anos somou a quarta vitória consecutiva no Clube de Ténis de Tavira para inscrever o nome na segunda ronda do quadro principal de singulares do HPZ Ricoh Tavira Tennis Open, um resultado que lhe garante ainda o regresso ao ranking ATP.

Depois de somar três vitórias na fase de qualificação, Tomás Almeida impôs-se de forma autoritária sobre o jogador da casa João Graça — dois anos mais novo e convidado para o quadro principal –, ao vencer por claros 6-2 e 6-0 ao fim de apenas 72 minutos de jogo.

A vitória desta quarta-feira traduz-se na primeira do jovem português em quadros principais de singulares no circuito internacional desde setembro de 2017 — e acontece logo num torneio de 25.000 dólares.

Assim, e pela primeira vez desde que lhe foi descontado o ponto ganho em Oviedo, Espanha, Tomás Almeida garante o regresso ao ranking ATP quando forem adicionados os pontos desta semana.

O jogador do Lawn Tennis Clube da Foz junta-se a João Monteiro, Francisco Cabral, Tiago Cação e Luís Faria na segunda eliminatória (a eles pode ainda juntar-se Fred Gil) e já sabe que medirá forças ou com o primeiro cabeça de série, Carlos Boluda-Purkiss, ou outro qualifier, o sueco Jakob Johansson-Holm.

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a histórias, a recordes. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais — por isso depois chegaram o padel, o ténis de mesa e o squash. E assim cá estamos, no Raquetc ("raquetecétera"). Como escreveu Pessoa, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."